Meu caso de amor com festivais!

September 4, 2017

Tem fotógrafo que não gosta de cobrir festivais, mas comigo não é bem assim... É o que eu mais amo fazer! É aquela história, ou você ama ou você odeia, não tem o meio termo! É extremamente cansativo? É... Mas é muito enriquecedor e felizmente o mundo conspirou ao meu favor e posso dizer que tenho uma boa experiência cobrindo oficialmente grandes festivais, tipo o Lollapalooza que já fotografo há 4 anos consecutivos, Monsters of Rock, Maximus Festival e tantos outros por aí! Eu sempre tive sede de fotografar festivais, e o primeiro que cobri oficialmente foi um de sertanejo... pfff, mas vamos pular essa parte! =P

Tenho um caso de amor com o Lollapalooza, meu festival favorito, que na minha opinião tem a melhor vibe e sempre descubro alguma banda nova pra ouvir!! Meu primeiro Lolla foi em 2014, mas foi em 2015 que me apaixonei!!! Já tinha vivido a experiência do ano anterior mas em 2015 estava com mais bagagem e um pouco mais tranquila e confiante! Foi o ano que veio o Robert Plant, eu pirei!! Ver todo o equipamento desses caras e ver o Plant de perto... foi demais para o meu coraçãozinho! No palco dele tinha uma mesinha com um chá, uns limões, mel e gengibre pra ele tomar durante o show e eu fiquei fotografando essas particularidades com a ansiedade lá em cima e logo depois veio o show, fiz fotos das 3 primeiras músicas com uma certa distância imposta do palco, fiz o possível pra segurar minha emoção e conseguir fotografar direito, nessas horas a euforia só atrapalha... Mas felizmente rolou, e depois me dei ao luxo de assistir um pouco do show dele no corredor central do palco, mais conhecido como photopit. Não preciso nem falar que eu chorei né? Voces já sabem... No final do show fui para atrás do palco pra ver ele saindo ainda, aproveitei cada momento e já senti saudades logo que acabou! Jogando a real, isso foi algo bem peculiar, porque geralmente não sobra tempo pra nada, é muita correria, mal dá tempo de comer, tem que fotografar o tempo todo e de todos os lugares possíveis! Teve um ano que o Soundgarden veio para o Lolla e tocou no palco em que eu não era responsável e o horário não bateu, não consegui ver nenhum pedacinho show, zero... Só me lembro de ouvir "Black Hole Sun" beeeem distante... Nunca mais! Ossos do ofício!

Outra ocasião marcante foi um Monsters of Rock, me lembro de estar no backstage e toda hora esbarrar com os caras do Korn, Limp Bizkit e Slipknot e eu pensava: "sério mesmo que estou aqui?" E apesar de não ter fotografado o Whitesnake nessa edição, rolou de jantar no catering do festival ao lado dos caras, meio surreal!!! Oportunidades únicas nessa vida! Minha vontade era de dizer para o Coverdale: "Passa o sal aí para mim, por favor!" =D 

 

Histórinhas à parte, festival tem muito perrengue também, tem que enfrentar sol ou chuva, carregar equipamento pesado o dia todo e andar muito! Além do mais, você chega mais cedo que o público e vai embora por último, fica esgotado no primeiro dia, mas tem que chegar a todo vapor no segundo e fazer tudo de novo! É bem exaustivo e depois tem muita foto pra editar, por isso tem gente que não curte a experiência! Apesar disso tudo, eu realmente amo fazer isso, explorar cada palco e todo esse clima de encontros e reencontros no backstage é um prato cheio pra acumular histórias... Essas que vou contado aos poucos aqui pra vocês! ;)
 

Algumas fotos de festivais e backstage:

 



 

 

 

Share on Facebook
Please reload

Posts Recentes

December 31, 2016

November 24, 2016

Please reload

Arquivo
Please reload

Procurar por tags
Please reload

Siga
  • Black Facebook Icon
  • Black Instagram Icon
  • Black Flickr Icon
  • Instagram - Black Circle
  • Facebook - Black Circle